sábado, 28 de fevereiro de 2009

ORIXÁS!

Cada dia novo que amanhece,traz a luz de pai Oxalá,que ilumina as terras do mundo inteiro,e embeleza o mar de mãe Iemanjá.---Sopram os ventos de mãe Iansã,que abraçam Xangô em sua pedreira.Correm os rios de mãe Oxum,e as crianças brincam á sua maneira.---As matas de Oxossi ficam mais belas,e novos caminhos Ogum nos oferece. Na sua calunga Obaluaiê,acolhe ou dá cura a quem merece.---Exu se ri na encruzilhada,e firma seu ponto com seu punhal,e o aroma das rosas de Pombagira,ensina a diferença do bem e do mal.---Zambi segura o mundo nas mãos,e fá-lo girar mais uma vez,derramando nele seu amor divino,e em toda a criação que um dia ele fez.

RAINHA DAS 7 ENCRUZILHADAS E UMA DE SUAS PASSAGENS NA TERRA!

RAINHA DAS 7 ENCRUZILHADAFoi uma Rainha no seu tempo na terra, diz a história ter sido ela uma linda cortesã que amarrou o coração de um Rei Francês que a tornou Rainha. Passou-se alguns anos e o Rei veio a falecer. A rainha passou a tomar conta sozinha do seu reino o que deixou alguns membros da corte indignados porque ela não teve filhos para deixar o trono como herança e tampouco parentes sangue azul para substituí-la após a sua morte. Devido a tenacidade da rainha o seu trono começou a ser cobiçado por outros reinos o que trouxe muita preocupação para a política da corte, então o conselheiro real convenceu a Rainha a casar-se novamente com um homem cujo o reino fosse ainda maior que o seu para juntos vencerem as batalhas e trazer ao reinado a paz e a tranqüilidade que já não tinham mais. Um dia surgiu no castelo um homem que se dizia seduzido pela beleza da rainha e dono de um reinado incalculável no oriente e a pediu em casamento, a rainha preocupada com destino da sua corte e pela proteção de seu trono, aceitou a oferta de imediato e logo em seguida casaram-se. Não demorou muito a querida rainha foi envenenada pelo seu atual marido que logo após se titulou o Rei e começou a governar a corte da pior maneira possível. A saudosa rainha após o seu desencarne chegou ao mundo astral muito perdida e logo começou a habitar o limbo devido a faltas graves que na terra havia cometido. Depois de algum tempo na trincheira das trevas do astral a Rainha foi encontrada pelo seu antigo Rei que no astral era conhecido como Senhor das encruzilhadas, este senhor passou a cuida-la e incentiva-la a trabalhar do seu lado para as pessoas que ainda viviam no plano material aliviando suas dores e guerreando com inimigos astrais... O feito deste casal no astral tornou-se tão conhecido e respeitado que o Exu Belo nomeou o Senhor das encruzilhadas como Rei das Sete encruzilhadas e prontamente o Rei nomeou a sua Rainha. Juntos eles passaram a reinar os caminhos das trevas e da luz e sob o seus comandos milhares de entidades subordinadas que fizeram do Reino das sete encruzilhadas o maior reino do astral médio superior.Passou-se muitos anos e o Rei que havia envenado a rainha veio a morrer durante uma batalha, e este foi resgatado pelos soldados da Rainha das sete encruzilhadas e o mesmo foi levado até ela. O homem ainda atônico sem entender ainda o que estava acontecendo com ele, se viu diante daquela poderosa mulher a qual foi obrigado a curvar-se e a servi-la para o resto da sua eternidade como castigo por ter-la envenenado. E hoje através das suas histórias que compreendemos que o povo de exu não são entidades perdidas do baixo astral e sim entidades respeitadas e de muita importância no mundo astral superior e inferior.A Pomba-Gira Rainha das Sete Encruzilhadas adora a cor Maravilha, Vermelho, Preto e Dourado trazendo na mão um cedro de ouro. Suas oferendas são sempre as mais caras, pois ela é muito exigente. A Pomba-Gira Rainha das 7 Encruzilhadas também é conhecida no sudeste do país como “Dona 7” Se apresenta como uma mulher de meia idade, muito reservada , educada, iteligente e culta. Ao contrários que muitas pessoas pensam... é uma entidade calma e tranqüila, mais quando chega ao mundo para deixar seu recado, traz na garganta um grito de guerra onde expressa todo o seu poder de vitórias.“Foi Iansã quem lhe deu força! Ela é a Rainha do Candomblé... vamos sarava nossa Rainha Pomba-Gira ela é o exu mulher... bis: Vamos sarava nossa Rainha Pomba-Gira ela é o exu mulher...”

PONTO CÓSMINHA RITINHA!

RitinhaAbre a rodaAbre a rodaQue a Ritinha vem brincarHoje é dia de alegriaVem criança vem brincarQue lindo anjoDe canduraVem do céu iluminarRosa mais puraNo jardim de OxaláLalaiá

PONTO DA CABOCLA JUPIRA 2!

Cabocla Jupira
Jupira é uma cabocla tão linda
Quando vem da mata ela vem sorrindo
Saravá pemba, saravá nosso congá
Saravá mamãe Oxum e também pai Oxalá
Estava em festa...Toda floresta estava em festa
Porque cantou o uirapuru!
No seu cantar ele veio anunciar
Pois a cabocla Jupira vai baixar!
Na terra de pai Olorum ela vai baixar pra nos ajudar!
Ela vai salvar a sua banda, a sua gira!
Saravá, pai olorum saravá!
Acaba de chegar linda cabocla menina!
Mas ela tem a beleza que encanta!
O olhar de uma santa...Que nos encanta!
Jupira, linda cabocla menina!
É portadora de uma mensagem divina:
Ela é, ela é, ela éA menina dos olhos do Cacique Aimoré!